Olá, Seja Bem Vindo. Faça seu login ou cadastre-se!

Letras e Músicas

HOME ARTISTA GÊNERO PLAYLIST NOTÍCIAS
BandaArtistaLetra_F.php

Zé Henrique e Gabriel


1 Fã
Tipo: Artista
Localização: -1 / -1
Gênero: Diversos
Qtd. Acessos: 44138 Acessos
Qtd. Fãs: 0 Fã
Qtd. Álbuns: 2 Álbuns
Qtd. Músicas: 139 Músicas
Qtd. Galerias: 0 Galeria
Tremel

Histórias do Coração

Mala Amarela
Sugerir novo Vídeo
Expandir Clip
Era quatro e meia, passava um pouquinho
e um fosco clarinho rasgava o varjão, era o trem noturno
que vinha apontando e logo parando na velha estação,
meu corpo tremia,
meus olhos molhados, o meu pai do lado
e a mala no chão, beijei o seu rosto e disse na hora,
o mundo lá fora me espera paizão, entrei no vagão,
corri pra janela e a mala amarela do velho catei,
o trem deu partida,
soprou bruscamente e ali novamente
sua mão eu beijei,
um pouco pra adiante vi minha casinha
e a minha mãezinha de pé no portão,
ela não me viu e no trem na corrida
ouvi as latidas do velho sultão.
Um certo senhor da poltrona vizinha,
dizia que vinha do Paranazão e disse também de um jeito cortêz,
é a primeira vez que deixo o sertão, pedi seu conselho
e ele me disse, seu moço a velhice é dura demais,
eu sou bem mais velho
e posso aconselhar é duro ficar distante dos pais,
eu nunca esqueci o que o velho falou, e o tempo passou
e pra casa voltei, quem fica distante
jamais se conforma lá na plataforma meus pais avistei,
desci comovido, abracei ele e ela,
e a mala amarela meu filho eu não vi?
Meu pai acredite na fala de um homem,
pra não passar fome a mala eu vendi.

Que pena, que pena, era minha lembrança
que eu trouxe de herança do seu avô,
mas deixa pra lá, eu vou esquecer,
a herança é você e você já voltou.
Era quatro e meia, passava um pouquinho
e um fosco clarinho rasgava o varjão, era o trem noturno
que vinha apontando e logo parando na velha estação,
meu corpo tremia,
meus olhos molhados, o meu pai do lado
e a mala no chão, beijei o seu rosto e disse na hora,
o mundo lá fora me espera paizão, entrei no vagão,
corri pra janela e a mala amarela do velho catei,
o trem deu partida,
soprou bruscamente e ali novamente
sua mão eu beijei,
um pouco pra adiante vi minha casinha
e a minha mãezinha de pé no portão,
ela não me viu e no trem na corrida
ouvi as latidas do velho sultão.
Um certo senhor da poltrona vizinha,
dizia que vinha do Paranazão e disse também de um jeito cortêz,
é a primeira vez que deixo o sertão, pedi seu conselho
e ele me disse, seu moço a velhice é dura demais,
eu sou bem mais velho
e posso aconselhar é duro ficar distante dos pais,
eu nunca esqueci o que o velho falou, e o tempo passou
e pra casa voltei, quem fica distante
jamais se conforma lá na plataforma meus pais avistei,
desci comovido, abracei ele e ela,
e a mala amarela meu filho eu não vi?
Meu pai acredite na fala de um homem,
pra não passar fome a mala eu vendi.

Que pena, que pena, era minha lembrança
que eu trouxe de herança do seu avô,
mas deixa pra lá, eu vou esquecer,
a herança é você e você já voltou.
Esta música ainda não possui tradução cadastrada!
Desperdiçando Amor
Solidão Dando Risada
Acelerou
Esse Amor Pegou Na Veia
Vitrine
Vou Te Chamar De Amor
Tirando Onda
Falar de Nós Dois
Um Dia Deixo de Te Amar
E u Amo Te Amar
Cartas De Amor
Boiadeiro Errante
A Escuridão
Foi Assim Que Ela Fez
O Que Combina Comigo É Você
Empreitada Perigosa
Só Quero Com Você
Só Um Grande Amor
Dona Do Meu Destino
Amor Covarde (part. Pedro e Allison)
A Vaca Já Foi Pro Brejo
Arrependida
Oi Paixão
Tremelê
Arrependido
A Falta De Alguém
Peão
Papo Furado
Hoje Eu Sei
O Mundo Me Parece Tão Deserto
Pela Metade
Minha Outra Metade
Princesa do Verão
Instinto Animal
Nas Asas Do Seu Coração
Ta Chovendo Amor
Mala Amarela
Bate Papo Na Internet
Tchau Amor
Coração Que Chora
Cio da Terra
Não Me Dou Por Vencido
Calma, Respira
Inevitável
Você É A Dona Do Meu Coração
Por Baixo Ou Por Cima (Part. Jorge e Mateus)
Fenômenos
Proposta
Parece Castigo
Pra Conquistar Um Amor
Mala Pronta
Arrasou
Canoeiro
Filme De Amor
Jeito Cowboy
Vou Dormir Na Rua
Histórias Do Coração
Me Apaixonei
Coração Pela Metade
Cavalo Enxuto
Bebedeira
Paixão Indivisível
Comitiva Esperança
O Brasil Tá Cheio
Quando Digo Eu Te Amo
Pinga Na Cabeça
Só Quer Amar
Tem Tudo A Ver
Feminina
Aperta O Pé
Sem Direção
A Dois Passos Do Paraíso
O Doutor e o Caipira
Felicidade Existe
Tá tudo Ok
Pagodão Brasileiro
Declaração
Eu Amo Te Amar
Nosso Amor É Ouro
A Pancada Da Paixão
Madrugada
Um Louco
Eu Sei
Morro De Saudade
Oba, Oba
O Tempo Levou
Sonhei Com Você
Caso de Balada
Ah, Que Deus É Esse
Falando Com A Lua
Inveja da Oposição
Bem Feito Pra Você
Estrela de Ouro
Te Cuida Coração
Exagero
Um Homem Que Chora à Toa
Arco-íris
Meu Sol
Fruto Proibido
Choramingando
Pra que contrariar?
Quando Olhei Pra Você
Você Marcou Demais
Amanheceu
Casei... Dancei
Amo te amar
O Lugar Perfeito
A Máquina Chora
Peito De Aço
Tarde De Chuva
Te Esquecer Demora
Chuva
É Por Causa Dela
Sua Voz Faz Bem Pra Mim
Magia E Mistério
Mais Um Apaixonado
O Que Passou, Passou
Seja o Que Deus Quiser
Essa É Pra Beber Mais Uma
Carga Pesada
Por Baixo do Pano
Muito Prazer
Tanto Faz, Tanto Fez
Tô Indo Nessa
Quando Digo Que Te Amo
Tô Mal
Isso É Que É Paixão
Aviãozinho
Eu Não Me Dou Por Vencido
O Amor Deixa A Gente Idiota
Amar É Para Sempre
Quando se ama demais
Hipnotizante
O Cantor e o Peão
Stop
Tá Na Hora
Coração de Ferro
Desligue Meu Coração
Rodeiomania